• Banner interno

mos_abertas.png

Crédito de Imagem: Michael A. Martínez, S.J.

 

Mãos abertas 

Antes de me deitar à noite,

Examino minhas mãos,

Asseguro que estão vazias -

Porque isso significa

Que tenho dado tudo no dia.

 

Antes de me despertar na manhã,

Examino minhas mãos,

Asseguro que estão vazias -

Porque isso significa

Que estou disposto a receber tudo no dia.

 

Quando sigo a Cristo,

Examino minhas mãos,

Asseguro que estão vazias 

E contêm suas chagas - 

Porque agora dar e receber são um.

Michael A. Martínez, S.J.

 

História do Poema

Originalmente escrito em espanhol no 2014, “Manos Abiertas” foi a sínteses pessoal do mês de Exercícios Espirituais de Santo Inácio de Loyola na República Dominicana. Vamos pedir a graça de ter as mãos vazias necessárias para receber todos os presentes de Deus e as mãos abertas para doar esses presentes a todos com que nos encontremos no caminho. Esta é a meta dos Exercícios Espirituais – a liberdade de e a liberdade para.

Em 2016, como parte de meus estudos de Pós-Graduação em “Comunicação Digital” de Loyola University Chicago, adaptei o poema visual e musicalmente usando minhas mãos, as mãos de meus colegas Jesuítas e as mãos de jovens em risco da cidade de Chicago, EUA. 

O vídeo tem legendas em português, espanhol e inglês:

Para mais conteúdo de Michael A. Martínez, S.J., visite: www.mikemartinezsj.com

O poema foi publicado por primeira vez em The Jesuit Post.