• Banner interno

Você já ouvir falar em RECORDAÇÃO DA VIDA? Sabe o que é e como fazê-la nas celebrações litúrgicas? Então, não deixe de assistir atentamente esse vídeo. Além de belo, artístico, leve, ele está muito instrutivo também. Como participação especial, contamos com o Pe. Gilvair Messias Silva, escritor e poeta, que dá vida a um poema que fiz para você:

RECORDAÇÃO DA VIDA:

Senhor, teu coração é grande o bastante para nele caber tudo o que amas: as pessoas, todo ser que respira, o universo inteiro...

Se tudo é teu e de ti procede, tudo já está em ti.

Tu não precisas que eu te lembre de aceitá-los e amá-los.

É a mim que deves lembrar, pois o egoísmo que envenenou o Paraíso, às vezes,

faz sentir-me um deus e pensar só no meu pobre ego, inflado e cego, Caim errante e só, sem irmão.

 

Por isso gosto de recordar-me, Senhor,

de povoar o meu coração das pessoas que me fazem bem,

de trazer de volta a história impressa com os rastros do teu amor.

 

E, quando delas me lembro, aos pés do teu altar eu as devolvo a ti;

pois me emprestaste cada uma para que de ti eu nunca me esqueça.

E, nessa troca de dons, de coração a coração, que o amor sempre floresça!

Pe. Vanildo de Paiva