• Banner interno

Piper, o curta que revoluciona a nossa ternura!

Era uma vez um pequeno passarinho cuja mamãe pretendia ensinar a se alimentar sozinho. No entanto, o medo do desconhecido provocou um início complicado no treinamento de sobrevivência conduzido pela mamãe.

Seu medo o manteve faminto até que a coincidência ou o destino fez com que ele encontrasse um magnífico instrutor na forma de um caranguejo solitário. Este procurou uma perspectiva diferente de sua vida e da destreza que deveria adquirir…

Didático para crianças e adultos, Piper inclui duas mensagens chave: a importância de superar os medos e a necessidade de deixar espaço para as nossas crianças cometerem erros e saírem deles sozinhas.

Somos pássaros molhados que não sabem ao certo o caminho da sua vida. Assim como o protagonista do curta, nos sentimos vulneráveis diante do desconhecido e paramos na hora de dar um passo além, que nos permite avançar.

O diretor do curta, Alan Barillaro, assegurou que todos podemos aprender com o precioso passarinho e sua mamãe. Uma mãe que dá à sua prole o espaço necessário para cometer erros, se arrepender e aprender mil maneiras de não fazer as coisas.

Todos já fomos, somos e seremos pássaros assustados em algum momento. No entanto, há uma questão que permanece clara e constante nos seres humanos: tudo na vida é potencialmente significativo, pois até com o sofrimento obtemos um aprendizado inevitável para passar pelo caminho que escolhemos percorrer.

Ótimo vídeo para a catequese, desde os pequenos até adultos. Também pode ser utilizado em reuniões com pais, daria uma bela discussão.

Equipe do catequese hoje