• Banner interno

 

Sinopse do filme: Anjos do Sol conta a saga da menina chamada Maria, de quase doze anos, que no verão de 2002 é vendida pela família, que vive no interior do Maranhão, a um recrutador de prostitutas, imaginando que a garota estaria indo viver em um local melhor que vivia, pois não sabiam que se tratava exatamente o recrutamento. Depois de ser comprada em um leilão de meninas virgens, Maria é enviada para um prostíbulo localizado numa pequena cidade, vizinha a um garimpo, na floresta Amazônica.

Após meses sofrendo abusos, Maria consegue fugir e atravessa o Brasil na carona de caminhões. Ao chegar ao seu novo destino, o Rio de Janeiro, a prostituição se coloca novamente no seu caminho e suas atitudes, frente aos novos desafios, se tornam inesperadas e surpreendentes.

 

Comentário: 

Maria... 

Quantas Marias andam esquecidas pelo mundo a fora?

Violentadas em sua dignidade de ser, sentir, viver, crescer, amar. 

Quanto tempo mais iremos permanecer paralisados na nossa cegueira espiritual?

Somos omissos... vivemos numa individualidade mesquinha... o problema do outro não nos atinge, não nos comove, não nos humaniza... que espécie somos nós?

 

Que futuro esperamos? Esperamos algum futuro?

Em tempos de copa, que padrões adotaremos para o cuidado com as nossas crianças? 

O que realmente nos importa?

 

A humanidade geme em dores de parto, a dignidade humana está profundamente afetada em sua base, pois esquecemos o essencial. É uma chaga, a ferida aberta e viva, que pulsa desde sempre... 

Os direitos básicos ficam no papel, o silêncio contribui e aumenta a nossa indiferença...

Um filme, uma realidade, um retrato, uma reflexão, a pergunta... O quanto você se importa? O que você quer deixar de você nesta caminhada?

 

(Este filme pode ser utilizado na reflexão sobre a CF/2014 sobre o tráfico humano. Boa reflexão para o grupo de catequistas e catequese com jovens e adultos) 

 

Marcelle Durães

Equipe do Catequese Hoje