DSCN4464.JPG

O catequista é convidado a “viver sua experiência cristã e sua missão dentro de um grupo de catequistas. O grupo de catequistas expressa o caráter comunitário da tarefa catequética” CR 151.

É no grupo que se faz experiência de convivência fraterna, onde se aprofunda a fé, se celebra e reza junto. Participando do seu grupo, o catequista já está em processo formativo. O grupo ajuda a desfazer medos, inseguranças no início da caminhada e ao longo dela.

É uma verdadeira comunidade, dentro da comunidade maior que é a paróquia, onde se vivem as características de uma verdadeira comunidade cristã. Mas fica um alerta! Não é isolar-se no grupo, fazer um grupo de seletos, fechado e sem integração com a comunidade. Quando o grupo de catequistas amadurece, a comunidade também amadurece, e vice-versa.

Os apóstolos cresceram na fé seguindo Jesus e evangelizando como ele. Também o catequista, ao evangelizar, é evangelizado; enquanto dá, recebe; enquanto faz os outros caminharem na fé, dá largos passos no crescimento da própria fé.

O lugar eclesial mais importante do catequista é no seu grupo de catequistas. É no grupo que se pode crescer, relacionar-se, caminhar junto. Aí se aprende, pela vivência, a analisar com mais profundidade e a transformar a realidade com mais eficácia e celebrar a vida com mais autenticidade.

 É importante compreender que todos os catequistas são responsáveis pela catequese. “Quem falha prejudica o grupo”. Os serviços devem ser divididos entre todos. O ideal é que se organizem equipes dentro do grupo de catequistas, por exemplo:

- Equipe de Liturgia: prepara as celebrações, orações...

- Equipe de Lazer: organiza encontros festivos, aniversários, etc...

- Equipe de Animação: faz o grupo cantar, ensaia cantos novos, busca dinâmicas, procura brincadeiras e recursos pedagógicos...

- Equipe de Cartazes: organiza mural, ornamenta as salas, prepara os  ambientes para a catequese...

- Equipe de Secretaria: faz as atas, organiza e cuida do material da  catequese, biblioteca, mantém os dados dos catequistas e catequizandos atualizados etc..

Essas e outras equipes devem ser organizadas de acordo com a necessidade do grupo de catequistas. Trabalhar em equipe é essencial para alcançarmos um dos objetivos da catequese: fazer crescer a comunidade.

Equipe Catequese Hoje

Extraído do subsídio "Organização da Catequese" da Comissão Bíblico-Catequética do Regional Leste 2 (já esgotado)