• Banner interno

 
 
Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor
Nos invadiu...
Com ela veio a paz, toda beleza de sentir
Que para sempre uma estrela vai dizer
Simplesmente amo você...
Meu amor..
Vou lhe dizer
Quero você
Com a alegria de um pássaro
Em busca de outro verão
Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
E eu me coloco em tuas mãos
Para sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei
Na noite do sertão
Meu coração só quer bater por ti
E eu me coloco em tuas mãos
Pra sentir todo o carinho que sonhei
Nós somos rainha e rei
Olho para o céu
Tantas estrelas dizendo da imensidão
Do universo em nós
A força desse amor nos invadiu...
Então...
Veio a certeza de amar você...
 
Andando pela rua, nesta manhã, essa música chegou de longe até mim. Sem explicação me perseguiu o dia todo.
A letra e melodia é linda. A certeza de amar e a consciência de que isso nos integra ao mundo, ao universo.
Amar é sempre uma experiência de inteireza, de consciência de que se é parte de um todo, de gratidão por estar vivo e estar vivendo algo tão profundo.
Toda a música é uma louvação ao amor e ao ser amado.
Outro aspecto que me parece evidente é a descoberta do amor e a certeza de que se está na dependência do outro.
Na música isso é claro, certo, sem reservas: amar nos coloca nas mãos do outro. 
A música evidencia também que amar nos faz livres e, por amar, se descobre um universo dentro de nós.
A vastidão não é somente no céu é também no céu do interior de nós mesmos.
E quando o amor chega não há como dele fugir.
O ser amado é a "fonte" depois de longa e sedenta busca.
A música parece ser uma sinfonia à beleza de se ter encontrado aquilo que se desejou: amar e ser amado.
 
Lucimara Trevizan
Equipe do site
02.05.2019