• Banner interno

 

Bem-vindo!

Letra: Luiza Caspary, Allan Dias Castro e Edike Carneiro.

Música com participação de Jair Oliveira

 

Olha, eu sei não sou ninguém pra vir dando conselhos,

Mas tudo o que aprendi depois de tantos erros é que o amor está bem dentro de ti.

Eu sei que todo mundo espera isso mais depressa, mas é bom saber que o amor começa em amar a si.

E tudo flui bem.

Tente pensar no amor e aprender com a dor. Se é pra recomeçar que seja como for, não tem receita

Tudo se ajeita. Deixa o amor entrar devagar.

Se é pra amar cuide melhor de ti. Amor tem que fazer sorrir. Ame-se mais.

Olha eu sei que é mais fácil pra quem está de fora, falando pra fazer o que nem eu mesmo faço.

Então o meu abraço vai falar por mim.

Quando parece que o amor simplesmente foi embora, talvez só tenha encontrado novo endereço.

Todo recomeço começa de um fim.

Não tente procurar no outro o seu lugar, sinta-se em casa em si, chame ele pra entrar.

Seja bem-vindo amor, chega de solidão, a sós contigo eu sou multidão.

Já que é pra amar cuide melhor de ti. Amor tem que fazer sorrir. Ame-se mais.

 

Antes, de procurar amar alguém, ame-se!

Seja a sua melhor companhia, cuide-se, queira-se bem.

Só é capaz de amar o outro, quem já descobriu ou redescobriu o amor por si próprio.

Quem é capaz de olhar com sinceridade as suas verdades, limitações e consegue ver o melhor de si mesmo.

Ame-se, cuide-se, recomece... só assim é possível amar sem criar prisões.

Amor tem que fazer sorrir... tem que começar dentro de cada um!

Ama e faz o que quiseres!

Marcelle Durães

Equipe do site