• Banner interno

Pentecost-front.jpg

Celebração para o Dia do Catequista 2020

Catequista, servo da ação do Espírito Santo (DC 113)

 

1. Ritos Iniciais

-Providenciar uma flor e uma vela para cada catequista.

- As crianças, adolescentes ou adultos entram com as flores e colocam no vaso.

- Os catequistas entram na procissão de entrada, atrás da cruz processional.

- Se quiserem, podem entrar todos com a camiseta da IVC identificando as etapas (Batismo, confirmação e eucaristia).

- Colocar o círio pascal próximo da Mesa da Palavra.

Motivação inicial. Queridos irmãos e irmãs, aqui estamos para celebrar a Eucaristia, Memorial da fé cristã.  Juntos fazemos memória da Páscoa de Jesus Cristo. Na alegria e no seguimento a Jesus Cristo, celebramos hoje o dia do Catequista. São muitos homens e mulheres que se dedicam com muita paixão e zelo pela catequese. Somos agradecidos por todos aqueles que aceitaram o convite de fazer ecoar a Palavra de Deus nos corações de crianças, adolescente, jovens e adultos de nossa comunidade. Estamos crescendo no processo de Iniciação à Vida Cristã e no caminho discipular. Com alegria acolhemos os catequistas de todas as etapas, cantando...

Canto: Eis-aqui, Senhor!

Segue a liturgia do dia

2. Profissão de fé:

O catequista é um cristão que recebe o chamado particular de Deus que, acolhido na fé, o capacita ao serviço da transmissão da fé e à tarefa de iniciar à vida cristã. As causas imediatas para que um catequista seja chamado a servir a Palavra de Deus são muito variadas, mas são todas mediações das quais Deus, por meio da Igreja, se serve para chamar a seu serviço. Por esse chamado, o catequista é feito partícipe da missão de Jesus de introduzir os discípulos em sua relação filial com o Pai. O verdadeiro protagonista, porém, de toda autêntica catequese é o Espírito Santo que, mediante uma profunda união que o catequista nutre com Jesus Cristo, faz eficazes os esforços humanos na atividade catequética. Essa atividade se realiza no seio da Igreja: o catequista é testemunha de sua Tradição viva e mediador que facilita a inserção dos novos discípulos de Cristo em seu Corpo eclesial (DC 112).

Motivação: Aproximem-se os catequistas de Iniciação à Vida Cristã (Batismo, Confirmação e Eucaristia) para juntos renovar as promessas batismais como dom e serviço à missão da Igreja.

Catequistas colocam-se de pé, diante do altar e recebem a vela.

Presidente: Irmãos e Irmãs, o Batismo nos faz cristãos, e, por meio dele, nascemos para a Igreja, nossa mãe. Somos família de Deus. Reunidos em comunidade, queremos hoje renovar as promessas do Batismo como catequistas a serviço da Iniciação à Vida Cristã. Convidamos os catequistas para acenderem a vela no círio pascal, sinal do Cristo ressuscitado que vive entre nós.

Canta-se um refrão apropriado enquanto se acendem as velas (Ó luz do Senhor...)

Presidente: Irmãos e irmãs, pelo mistério pascal, fomos, no Batismo, sepultados com Cristo para vivermos com ele uma vida nova. Por isso, renovemos as promessas do nosso Batismo, por meio das quais já renunciamos ao mal e prometemos servir a Deus em sua Igreja.

Presidente: Para viver na liberdade dos filhos de Deus, renunciais ao pecado?   

Todos: Renuncio.

Presidente: Para viver como irmãos e irmãs, renunciais a tudo o que possa desunir, para que o pecado não domine sobre vós?    

Todos: Renuncio.

Presidente: Para seguir Jesus Cristo, renunciais ao demônio, autor e princípio do pecado?

Todos: Renuncio.

Presidente: Credes em Deus, Pai todo-poderoso, criador do Céu e da Terra?

Todos: Creio.

Presidente: Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e subiu Céu?

Todos: Creio.

Presidente: Credes no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressureição dos mortos e na vida eterna?

Todos: Creio.

Presidente: Esta é a nossa fé. Esta é a fé da Igreja. Dela recebemos através dos nossos pais e nos gloriamos de professar, em Jesus Cristo, Nosso Senhor.

Todos: Amém!

Apagam-se as velas, e retornem aos bancos.

Preces da comunidade 

3. Liturgia Eucarística

Catequistas levam ao altar o cibório com partículas e as galhetas com vinho e água.

4. Ritos Finais

Após a Oração da Comunhão, cada catequista recebe uma flor (ou outro símbolo).

Uma Mãe ou um Casal: Neste dia em que celebramos a vocação do catequista, nossa comunidade muito se alegra em poder contar com a missão de tantos mulheres e homens que se dedicam com amor nos processos de educação da fé de nossos filhos. Queridos catequistas, recebam das famílias e da nossa comunidade, o nosso abraço fraternal, apoio e orações. Que o vosso olhar seja fixo em Jesus Cristo, pois Ele vos olhou com amor e vos chamou para a missão de catequizar.

Enquanto as crianças ou jovens entregam as flores para os catequistas de IVC, pode-se cantar:

Canto: Tu és a razão da jornada ... (ou outro a escolha)

5. Benção final

Presidente: O Senhor esteja convosco.

Todos: Ele está no meio de nós!

Presidente: Senhor, Pai de amor e bondade, derramai vossa benção paterna sobre estes vossos catequistas que em nome da Igreja forma novos discípulos em comunidades missionárias. Concedei-lhes luz, coragem e alegria para viver e anunciar a mensagem do Evangelho de Jesus Cristo, realizando na Igreja e no mundo, a salvação. Por Cristo, Nosso Senhor.

Todos: Amém!

Presidente: E vós todos aqui reunidos, abençoe-vos o Deus todo poderoso, Pai e Filho, e Espírito Santo.

Todos: Amém!

 

Fonte: Comissão Bíblico-Catequética nacional in: www.catequesedobrasil.org.br