• Banner interno

JudasIscariote_WikimediaCommons_010418.jpg

É duro reconhecer que eu
Teu companheiro
de vida, de mesa, de missão
não estou à altura de Teu Dom
Tu já partilhaste tudo comigo
alimentando-me de
Tua própria Vida doada
mas eu ainda estou preso
a meus próprios critérios
tão rasteiros e mundanos
De diferentes maneiras
todos nós, Teus amigos
cedo ou tarde
Te frustramos
Te comovemos
Te abandonamos
Dá-me a desconfortável
graça do desconcerto e
denuncia minha louca
pretensão de autossuficiência
Só olhando de frente
meus limites
minha covardia
minha ignorância
poderei gritar
Salva-me Senhor
E assim descobrirei
uma vez mais
a paradoxal força
de Tua Entrega
 
Pe. Francys Silvestrini Adão SJ
30.03.2021
Judas Iscariotes / Foto: Wikimedia (Domínio público)