• Banner interno

triturando_2_int.jpg

 

Nem sempre há material disponível para os catequistas. Muitos reclamam da falta de material. Aqui vai uma dica simples e fácil de fazer, é a pintura com terra.

Para fazer tinta ou massa de terra, é preciso ver se ela é barrenta, se tem "liga". Terra com muita areia não serve. Na cidade ela é encontrada em parques, lotes vagos, barrancos das periferias. Num barranco podemos encontrar várias cores: é só colher separadamente. No meio rural há muita fartura de cores e de tipos de terra.

Guache de terra

Ingredientes: 1 xícara de barro grosso (se quiser, acrescente anilina da cor desejada); 1 colher de sopa de cola branca; 1 colher de óleo de cozinha. O óleo acentua a cor. Mistura tudo. Para amolecer o guache, é só acrescentar água.

Tinta simples de terra

Para fazer a tinta é só misturar água na terra da cor escolhida e acrescentar cola branca. A cola dá liga e deixa a cor "firme". A tinta fica pronta quando estiver parecendo um mingau grosso. Podemos usar copinhos para guardar as terras coloridas que serão usadas para fazer a pintura.

Use a mão, uma peneira ou pilão para depurar torrões de terra. O processo varia conforme o efeito desejado. Para produzir tinta homogênea, com textura igual à comercial, a terra deve ser triturada e peneirada por mais tempo, eliminando pedras e raízes. Se preferir que ela tenha texturas, é só deixar a terra mais bruta.

Trabalhar com terra leva várias reflexões: sobre a natureza, ecologia, consumismo... Mas, também é possível usar essa técnica para qualquer desenho, sobre qualquer assunto nos encontros catequéticos. 

Equipe do Catequese Hoje