• Banner interno

pexels-engin-akyurt-1458826.jpg

Tantos medos me paralisam
Tantos pesos me aprisionam
Tantos erros me atrofiam
Mas Tu não fixas
o olhar em nenhum deles
Tu vês e me fazes ver
o que eu tenho
tanta dificuldade de enxergar
Sou carregado por muitos
Sou amado de graça
Sou colocado aos Teus pés
graças aos pés, mãos e coração
de tantos que me querem bem
Se escuto Tua Palavra
e me alegro com o que Te alegra
já não há pecado, mas perdão
já não há ruptura, mas relação
já não há paralisia, mas movimento
Pois o Amor me resgata
põe-me de pé
devolve-me ao Caminho
para ser cada dia mais
um filho querido do Alto
um irmão entre tantos irmãos
 
Pe. Francys Silvestrini Adão SJ
15.01.2020
Imagem: