• Banner interno

 

1740.jpg

Pensando nossas ações e valores

Objetivos:

-Chamar a atenção sobre as nossas ações nas situações do cotidiano;

-Provocar a reflexão sobre as atitudes diárias que temos e não realizar julgamentos de valor sobre as pessoas.

Desenvolvimento: Catequista terá em mãos algumas “situações dilemas”.

Orientações:

  1. O local será divido em dois lados: SIM e NÃO
  2. O jogo deverá ser vivenciado em silêncio; (os participantes geralmente querem se justificar, quando agiriam de uma forma ou de outra, mas o objetivo não é o julgamento e sim a reflexão);
  3. O catequista lê o dilema e como resposta cada participante se dirigirá para o lado SIM ou para o lado NÃO, conforme for a resposta sobre a atitude que geralmente teria ao viver a situação representada no dilema lido.
  4. Após a vivência conversar com o grupo, ouvir as impressões dos mesmos sobre a vivência da dinâmica e promover uma reflexão (sem julgar os participantes), sobre a importância de procurarmos agir com amor, respeito, cuidado para com as pessoas à exemplo da pessoa de Jesus;
  5. OBS: Poderão ser elaboradas as situações-dilema conforme as características de cada idade.

Situações dilema:

Catequista, faça uma adaptação das situações conforme a realidade vivenciada pela turma;

  1. Você está no meio de um jogo super legal, sua mãe/pai/ avó... pede que você ajude numa tarefa da casa. Você finge que não escutou e continua jogando?
  2. Você fez uma tarefa da escola e tirou uma nota baixa, quando sua mãe/seu pai pergunta sobre como foi a atividade. Você mente, diz que a professora ainda não corrigiu?
  3. Você tem um(a) amigo(a) que você gosta muito, mas ele(a) tem umas brincadeiras desagradáveis. Você conversa com ele(a) sobre isso?
  4. Você fez uma compra e sobrou um pouco de troco, sua mãe(seu pai), não perguntam sobre o troco, você guarda sem avisar a eles?
  5. Você fez uma compra e a pessoa do caixa devolveu uma quantia a mais do que devia. Você avisa à pessoa?
  6. Você tem roupas e brinquedos que não usa mais. Porém gosta muito. Quando fazem uma campanha para ajudar quem necessita, você consegue doar essas roupas e brinquedos com alegria?
  7. Você está passeando e com muita vontade de comer um bolo de pote e ganha um do seu sabor preferido. Em seguida, você percebe uma criança que parece não ter nada o que comer, olhando em sua direção. Você dá seu bolo de pote para ela?
  8. Na turma onde você está, há uma criança que possui dificuldades de falar, é tímida e não se entrosa bem. Seus colegas começam a rir dela. Você faz o mesmo?
  9. Você está numa brincadeira super animada com colegas. E percebe que um dos colegas ficou de fora e parece querer entrar no jogo. Você sugere a troca de brincadeira para que, quem está de fora, possa brincar também?
  10. Você está no supermercado e uma senhora idosa passa e sem querer derruba alguns pacotes no chão. Ela está com dificuldades de abaixar e os funcionários olham com cara brava. Você se oferece para recolher as coisas do chão e colocar no lugar?
  11. Você vê não gosta muito de um(a) colega da turma. E numa situação ele(a) é acusado de fazer algo que você tem certeza que não foi ele(a). Você defende ele(a) perante o grupo?
  12. Sua mãe, se esforça muito para agradar a todos. Mas as vezes o almoço não sai do seu gosto. Você diz a ela que está ruim, que não gostou da comida e por isso não quer almoçar?
  13. Você gosta muito de jogar ou assistir vídeos até tarde. Você finge estar dormindo para despistar seus pais e continuar jogando?
  14. Você sempre coloca no prato mais comida do que realmente consegue comer, por isso, ao final, sempre joga parte da comida fora.
  15. Você amanheceu passando mal e com os cuidados da família, melhorou. Mas há tarefas da casa, que você são suas e se dizer que melhorou deverá fazer. Você diz que ainda não está se sentindo bem para que alguém da família faça sua tarefa por você?

Após conversar e refletir sobre os desafios que cada dilema apresenta, escutar a turma com carinho e atenção, ajudando a pensar sobre a  importância da amizade com Jesus, que nos ajuda e convida a agir como Ele e buscar ser luz e sal no mundo, através das nossas ações.

Sugestão de leitura bíblica: Mt 5,6-8 ou Mt 5,13-16, ou ainda Mt 7, 12

Ana Angélica Ribeiro

Comissão para Animação Bíblico-Catequética do Regional Leste 2